Destaque Notícias

Tapa-Buraco avança, mas situação das vias públicas ainda é crítica em diversos pontos da Cidade

Estas fotos acima são das Ruas Alfredo Leitão e Eduardo Guimenez Ricci que ficam nos Buracos do Jardim Elena. É isso mesmo, os Buracos estão mais salientes do que as Ruas e se continuar desse jeito eles poderão ser as referências da Cidade…

Chegamos no mês de Dezembro, os últimos 30 dias do primeiro ano de mandato da atual Administração. Já se foram 335 dias e o Município continua convivendo com uma situação crítica das ‘vias públicas’. Apesar da Operação Tapa-Buraco já ter avançado em alguns Bairros, consumindo mais de R$ 300 mil, apenas na primeira Licitação, boa parte da Cidade ainda convive diariamente com os buracos. São aberturas no asfalto para reparos na Rede de Água, que nunca são consertados e rachaduras que vão se transformando em verdadeiras crateras para todo lado. Recebemos dos nossos leitores e partilhamos alguns exemplos de locais onde já foram realizados esse ano os serviços de Tapa-Buraco, mas a situação atual é muito ruim.
Na Avenida 14 de Março, esquina com a Travessa Itororó (fotos abaixo), o retrato é desolador: pedras soltas, buracos enormes atingindo até a calçada, água minando do solo, trecho da Avenida com cavalete e cones, impedindo a circulação, enfim, muito dinheiro gasto e a situação só piorou.
Na Avenida Prefeito Washington Luis (a Gordovia), em frente ao Bola na Rede, um buraco profundo (e pelo visto bem oco), coloca em risco motociclistas e motoristas que passam pela via.
Quando estávamos fechando esta matéria passamos por lá e vimos a máquina da Prefeitura iniciando os trabalhos (foto ao lado).
Entre o Jardim Virgínia e o Condomínio Vilas Espanholas, são tantos os buracos que os motoristas precisam circular em marcha reduzida, tendo que parar em alguns pontos, pois a via está totalmente comprometida.

Promessa não cumprida
Nos Programas Eleitorais os candidatos José Luis Romagnoli e Sebastião Oswaldo Mazzaron Filho prometeram resolver o problema rapidamente. Vamos relembrar a fala do agora Chefe do Executivo pela quarta vez: “Meus amigos, todos estão vendo que as ruas de Batatais estão esburacadas. Algumas com grande dificuldade de transitar. Danificam veículos, colocam em risco as pessoas, pois podem causar acidentes, nunca estivemos em uma situação tão crítica como vocês estão vendo nos dias de hoje. Precisamos, Mazzaron, solucionar com urgência essa situação. Para isso, sendo eleito, já nos primeiros dias após a eleição, mesmo antes de tomarmos posse, iremos atrás dos recursos junto aos Deputados Estaduais, junto aos Deputados Federais, junto ao Governador, junto aos Secretários de Governo, Ministros e até o Presidente da República, que é do seu partido, para pedir os recursos para resolver esses problemas. E essa questão, recapeando todas as ruas estragadas, iremos, com certeza, amenizar essa grave situação que estamos vivendo nos dias de hoje”.
Mazzaron afirmava na oportunidade: “As pessoas têm o direito de acionar a Justiça para cobrar em Juízo o material e o dano físico dos acidentes causados pelos buracos. E isso causa um problema sério para o erário público, que poderia ser aplicado no próprio recapeamento da pista. Então temos que ter total atenção e responsabilidade. Vamos buscar os recursos e recapearmos todas essas ruas para que não tenhamos mais acidentes e as pessoas não tenham mais danos no seu patrimônio”.

Informações da Prefeitura
Solicitamos informações a Administração Municipal, que declarou, por meio da Assessoria de Imprensa, que na primeira etapa da Operação Tapa-Buraco foram utilizadas 800 toneladas de CBUQ, 50 toneladas de emulsão asfástica e 500 metros cúbicos de pré-misturado a frio. Segundo o Engenheiro, Carlos Augusto Morandi Pimenta, Secretário Municipal de Obras e Planejamento, atualmente existe uma frente de operação, contratada por meio de Licitação Pública, que deverá aplicar 1.000 metros cúbicos de CBUQ, além de duas frentes da Prefeitura, que diariamente aplica 5 metros cúbicos de pré-misturado a frio e 10 toneladas de CBUQ.
Na quinta-feira, 30 de Novembro, foi concluída a recuperação do asfalto no Bairro Antônio Romagnoli e iniciada a operação na Estrada Boiadeira.
Na sequência, os trabalhos serão executados nos Bairros: Semieli, Santa Rita, Simara, Santa Luiza, Virgínia, Elisa e São Carlos.
O Secretário Carlos Pimenta informou ainda que aproximadamente R$ 950 mil é o valor investido até agora na Operação Tapa-Buraco.